Brasil representa mais de 50% da redução global de emissões de carbono em 15 anos

Estudo das Nações Unidas aponta que as emissões em função do desmatamento caíram 25%, entre 2001 e 2015, passando de 3,9 para 2,9 gigatoneladas (Gt) por ano
461011bcaf5b5e723e897c33f049f169_XL

Em março deste ano, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) divulgou pesquisa com estimativas que apontam que o Brasil representa mais de 50% da redução global de emissões de carbono, entre 2001 e 2015.

De acordo com a publicação, as emissões de carbono em função do desmatamento caíram 25%, entre 2001 e 2015, passando de 3,9 para 2,9 gigatoneladas (Gt) por ano.

“É animador ver que em geral o desmatamento está diminuindo e que países de todas as regiões têm demonstrado um progresso impressionante, como Costa Rica, Chile, Uruguai, Brasil, Cabo Verde, Vietnã, China, Filipinas, Coreia do Sul, Turquia e outros”, disse o diretor-geral da FAO, o brasileiro José Graziano da Silva, quando o estudo foi divulgado.

Ele também ressaltou a importância do papel das florestas diante das mudanças climáticas. “As florestas são fundamentais para o equilíbrio do carbono e armazena quase 75% de todo o carbono que há na atmosfera. O desmatamento e a degradação aumentam a concentração de gases do efeito estufa e o crescimento das florestas, por sua vez, absorve o dióxido de carbono, a principal emissão do efeito estufa.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s