O estilista Dudu Bertholini vai à Amazônia conhecer o PCN

Após descer do barco que atravessou por quase três horas o rio Uatumã, região nordeste do estado do Amazonas, o estilista da Neon Dudu Bertholini já estava completamente à vontade. Vestido com um de seus famosos camisetões coloridos, brincou com o cachorro do anfitrião, o ribeirinho José Monteiro, também conhecido como Papa, e tirou muitas fotos para colocar no seu Instagram.

“Me senti abraçado pelo Papa, pelo Idesam e pela natureza como num hotel cinco estrelas. Eles estão cientes do real valor da vida que tem e de sua riqueza cultural.”

José Monteiro, o Papa, foi o segundo morador da RDS do Uatumã a ser beneficiado pelo Programa Carbono Neutro Idesam, que busca neutralizar emissões de clientes (empresas, eventos e pessoas físicas) através de reflorestamentos em áreas degradadas na reserva. O reflorestamento, administrado por Papa com apoio técnico do Idesam, é feito através de Sistemas Agroflorestais (SAFs), que possibilitam o plantio de várias espécies de árvores, entre frutíferas e madeireiras, de forma que o agricultor tenha, no médio e longo prazo, produtos orgânicos para vender na comunidade e alimentar sua própria família, além de um solo saudável, cheio de espécies que sequestram o CO2 da atmosfera e promovem múltiplos benefícios tanto para o clima quanto para os moradores da reserva.

Dudu, que há muitos anos adota práticas sustentáveis e tem um grande interesse em intercâmbios culturais com outros estados do Brasil, como quando criou em parceria com sua sócia Rita Comparato e outros estilistas, o uniforme dos funcionários do Hotel Vila Naiá, no sul da Bahia, adorou o projeto do Idesam.

“Senti que estes intercâmbios acontecem aqui de maneira muito genuína e que os ribeirinhos aprendem como aproveitar o solo de maneira produtiva e sustentável”, declarou Dudu ao blog.

No primeiro dia da visita, Dudu passeou pelo SAF para entender melhor a dinâmica entre as espécies ali plantadas. “O Carbono Neutro é um projeto de uma delicadeza e de um pensamento muito contemporâneo”, concluiu. O estilista também plantou uma castanheira e pode provar uma especialidade culinária do Papa, sashimi de tucunaré. “É meio ceviche, meio tucunaré, uma loucura! Tenho certeza que qualquer chef ia querer incorporar no cardápio de seu restaurante”, empolga-se Dudu.

“O projeto é  um intercâmbio entre a expertise técnica do Idesam e os ribeirinhos, que são os verdadeiros conhecedores da natureza. Ambos aprendem e evoluem de maneira fantástica e o Brasil ganha com isso.”

“Adorei conhecer a dinâmica do SAF e ver seu resultado”

Para o estilista, a carboneutralização é algo fantástico para quem está na metrópole, quer contribuir com a preservação e tornar-se veículo de atuação na floresta: “Acho uma iniciativa incrível tanto para pessoas como também para empresas e eventos.”

“É muito bom poder servir como porta-voz do Idesam, é o tipo de consciência que não tem volta.”

Neutralize seu evento

Neutralize-se

2 respostas em “O estilista Dudu Bertholini vai à Amazônia conhecer o PCN

  1. Pingback: Neutralize-se: Dudu Bertholini | programacarbononeutro

  2. Pingback: Neutralize-se: Dudu Bertholini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s